• Anne-Marie Cousineau

Google anúncios, vale a pena para o seu hotel?


Para que você consiga aumentar o seu tráfego no site, o seu investimento em anúncios do Google esta altíssimo? Será que este investimento realmente vale a pena?

Sim e não!


Primeiramente, vamos diferenciar tráfego e conversão


Tráfego: é o volume de visitantes que entraram no seu site.

Conversão: é a porcentagem de visitantes que fizeram uma reserva em comparação ao número total de visitantes.



Como você sabe qual priorizar e quando?

Muito tráfego, pago por anúncios, no seu site sem reservas, é muito caro.


Por outro lado, uma boa taxa de conversão sem tráfego, não é ideal! De fato, parece lógico: ter uma boa taxa de conversão é inútil se não houver clientes para converter.


Portanto, não converter os internautas em clientes vindos dos sites das OTAs

é um desperdício de oportunidades. (nota: entre 60-70% dos usuários da internet visitarão o site oficial depois de descobrirem o hotel nas OTAs.)


Saiba mais o que fazem as OTA’s em nosso artigo sobre brandjacking.

Então, o seu objetivo é aproveitar este tráfego ‘’natural’’ no seu site.

Imagine então o potencial que representam estes visitantes, se mais que metade das pessoas que acharam você na Booking, por exemplo, vão entrar no seu site.

Podemos estimar que cerca de 30% destas pessoas fazem uma reserva direta (com 0% de comissão).

Se você não tem uma taxa de conversão boa atualmente, podemos ver que o problema a ser resolvido urgentemente, a princípio não é a quantidade de tráfego no seu site, mas a incapacidade de converter esse tráfego em reservas.



Urgente mesmo é melhorar sua taxa de conversão!


A taxa de conversão média de um site de hotel é de 2,2%. Essa é uma taxa de conversão particularmente baixa, encontrada apenas no setor hoteleiro.


Portanto, mesmo que o número de visitantes do seu site aumente, o ganho será pequeno se você não puder convertê-los em clientes.

Nessas condições, o uso de campanhas pagas, por exemplo, seria ineficaz: você transformaria um número extremamente pequeno de visitantes em reservas efetivas e seu ROI seria bastante baixo.

Seria como ligar o ar condicionado no máximo, deixando a janela aberta. Sim, a temperatura pode cair um pouco, mas o resultado seria sem comparação com a situação ideal!


• Feche a janela - melhore a taxa de conversão

• E depois coloque o ar condicionado - aumente o tráfego no seu site

Matematicamente, com uma taxa de conversão de 2%, você precisará de 5000 visitantes para alcançar 100 reservas adicionais. Basta dizer que, com uma taxa de conversão tão baixa, é financeiramente muito mais interessante se concentrar em melhorar a taxa de conversão do que em aumentar o tráfego!


Ao aumentar sua taxa de conversão para 4%, você precisará apenas de 2.500 visitas, ou duas vezes menos, para alcançar 100 reservas.

Portanto, mesmo um pequeno aumento de 2% tem um impacto muito grande no seu faturamento.

É muito mais fácil aumentar sua taxa de conversão de 2 para 4% do que obter 2500 visitas adicionais.


Mas porque a taxa de conversão é tão baixa na hotelaria?


- Um setor especial

Escolher um hotel é uma decisão importante, porque é um investimento financeiro significativo, mas também emocional: se você escolher um hotel, é uma experiência que você está prestes a viver.

É a qualidade do nosso tempo que estará em toda a duração da estada e também a das pessoas que levamos conosco.

Nessas condições, é normal que um cliente esteja interessado em todas as ofertas oferecidas, altere suas ideias de destino várias vezes e, não necessariamente, acabe reservando em seu hotel.


- Uma dificuldade de contabilizar

É possível reconhecer um cliente que acessa seu site pelo endereço IP. Se não o fizermos, o mesmo cliente que visita o seu site 3 vezes será contado como três clientes diferentes, o que distorcerá seus valores de conversão. Na verdade, seu objetivo é medir o número de pessoas que visitaram o seu site, em comparação com total de pessoas que compraram.


Além disso, ao procurar um hotel por celular, depois computador e depois tablete, o endereço IP não é o mesmo. O mesmo visitante será, portanto, contado como vários visitantes diferentes.


E finalmente, quando uma reserva é feita para várias pessoas, há uma boa chance de outras pessoas da mesma reserva visitarem o site do hotel. No entanto, se uma pessoa fizer a reserva para todos, os números não serão representativos da conversão real.


- Mais concorrência

Existe uma forte concorrência entre hotéis. De fato, o metabuscadores (como Trivago...) agora permitem comparar vários hotéis em muito pouco tempo, com muita facilidade. Isso aumenta seu número de concorrentes em potencial, que anteriormente poderiam estar limitados aos resultados iniciais do Google ou boca a boca.

Existe também uma concorrência recente com as OTAs, que são frequentemente mais bem referenciadas que os hotéis e são muito atraentes.

Quanto mais concorrência, mais opções e menor a taxa de conversão.


- A qualidade do site de hotéis

Se a concorrência com as OTAs é tão forte, é também por causa da qualidade do site dos hotéis, que nem sempre inspiram confiança. De fato, as OTAs têm grandes orçamentos para alocar em seus sites.

Quando você é um hoteleiro independente, parece mais complicado. E isso afeta a taxa de conversão: se a navegação no site não for prática ou não inspirar confiança, os clientes irão preferir reservar no site da OTA ou pior, acabam não reservando no seu empreendimento.


Então, o que você pode fazer?


1) Use o Google Analytics

O Google Analytics é uma ferramenta muito boa para calcular sua taxa de conversão, pois permite "rastrear" um visitante e reconhecê-lo como visitante único pelo endereço IP. O Google Analytics calcula automaticamente sua taxa de conversão de maneira simples e padronizada, mas podemos definir critérios de configuração muito mais refinados, se desejado. Peça ao seu consultor digital!


2) Melhore o seu site para se destacar mais!

A simples implementação de algumas ferramentas adicionais em seu site (chat HUMANO, comentários de clientes, link para Whatsapp, comentários de clientes, etc.) pode ser muito eficaz!


Mas, se o design é ruim e a ergonomia não existe, o site não é compatível com dispositivos móveis ou o sistema de reservas não é adequado e não é claro, você terá que considerar uma revisão completa e/ou o uso de profissionais.

Assim, como o tráfego mínimo é alcançado automaticamente, você deve primeiro se concentrar na taxa de conversão do seu site, porque, caso contrário, os meios aplicados ao aumento do tráfego serão investidos com prejuízo.

Para aumentar sua taxa de conversão, concentre-se acima de tudo na experiência do cliente na chegada ao seu site, destacando seu senso de escuta e serviços, o que permitirá que você se destaque e faça realmente a diferença! Peça ao seu consultor digital!


Se você está se perguntando sobre a qualidade do seu site, pode fazer nosso diagnóstico gratuito de 30 minutos! Clique aqui para agendar!


Nós da Reservit adoramos compartilhar dicas, ideias e novidades, sempre com o objetivo de contribuir com sua lucratividade e seu sucesso digital. :))


Fale com a gente!

Até breve!


+ Fidelização não é apenas uma questão de programa

+ Sabe por que sua marca nunca está em primeiro no Google?

+ E-reputação online – caminho sem volta


#dicas #hotéis #pousadas #sites #marketingdigital #motordereservas #reservit

  • Facebook Reservit Brasil
  • Instagram Reservit Brasil